Uceff topo
Quality Solar topo
Balneário e Camping Barra do veado topo
Lifetycon Investimentos topo
Odontologia Pacheco
Bruna Manuela Parmegiani
Funerária Scopel
Marmoraria Felicetti topo
Supermercado Comin topo
Armazém dos Óculos topo
Sicredi topo
Restaurante Alvorada topo
Loja Sol topo
Móveis Incomaba topo
Segurança

Santa Catarina tem redução de mortes violentas em 2020

Até ontem, foram registrados em todo o estado 94 homicídios, uma queda de 6% em relação a 2019. Também há uma queda nos feminicídios, que caíram de 7 para 3, numa redução de aproximadamente 57%

11/02/2020 07h43
Por: Redacao
Fonte: Assessoria de Comunicação
99
Os números foram divulgados pelo Colegiado Superior da Segurança Pública e Perícia Oficial, no boletim semanal (Foto: Ricardo Wolffenbüttel/Assessoria de Comunicação)
Os números foram divulgados pelo Colegiado Superior da Segurança Pública e Perícia Oficial, no boletim semanal (Foto: Ricardo Wolffenbüttel/Assessoria de Comunicação)

Assim como ocorreu no ano anterior, o número de mortes violentas segue em queda em Santa Catarina no começo de 2020. Até ontem, foram registrados em todo o estado 94 homicídios, uma queda de 6% em relação a 2019 - o menor índice desde 2014. Os números foram divulgados pelo Colegiado Superior da Segurança Pública e Perícia Oficial, no boletim semanal.

Também há uma queda nos feminicídios, que caíram de 7 para 3, numa redução de aproximadamente 57%. Em relação aos latrocínios, também há queda (de 4 para 3), o que leva o estado à menor taxa da série histórica quando se considera o tamanho da população. As lesões corporais seguidas de mortes também tiveram redução: de 2 para 1 até o dia 10 de fevereiro.

Segundo o presidente do Colegiado Superior, delegado–geral Paulo Koerich, a queda da violência representa um avanço, uma vez que a base de comparação já vinha diminuindo. Ele elogiou a integração das forças de segurança e disse que o trabalho segue intenso para manter as estatísticas em queda.

“Trabalhamos para diminuir cada vez mais os crimes violentos. Nosso Colegiado se reúne todas as semanas para discutir estratégias que ajudem a trazer mais segurança para a população. A integração tem um papel muito importante nessa redução da violência. Quando se trabalha junto, os resultados aparecem”, conta Koerich.

Também participaram da reunião da última segunda-feira o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Araújo Gomes; o comandante do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Charles Vieira; o perito-geral do IGP, Giovani Adriano; o diretor de Administração e Finanças da SSP, Netanias Dias, e o diretor de Inteligência da SSP, delegado Alexandre Kale.