Armazém dos Óculos topo
Supermercado Comin topo
Loja Sol topo
Bruna Manuela Parmegiani
Sicredi topo
Uceff topo
Marmoraria Felicetti topo
Quality Solar topo
Funerária Scopel
Móveis Incomaba topo
Odontologia Pacheco
Lifetycon Investimentos topo
Restaurante Alvorada topo
Balneário e Camping Barra do veado topo
Agropecuária

Abate de bovinos cai e o de suínos e frangos sobe no último trimestre no Brasil

Dados são preliminares e foram divulgados hoje pelo IBGE

13/02/2020 14h51
Por: Redacao
Fonte: Agência Brasil
100
Na comparação com o terceiro trimestre de 2019, o abate de bovinos apresentou decréscimo de 5,4% (Arquivo/Agência Brasil)
Na comparação com o terceiro trimestre de 2019, o abate de bovinos apresentou decréscimo de 5,4% (Arquivo/Agência Brasil)

O abate de bovinos no último trimestre do ano passado caiu 1,8%, com um total de 8,04 milhões de cabeças; o de suínos subiu 6,1%, com 11,87 milhões de cabeças; e o de frangos aumentou 2,8%, chegando a 1,46 bilhão de cabeças, na comparação com o mesmo período de 2018.

Os dados divulgados hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) são os primeiros resultados da produção pecuária no país. Na comparação com o terceiro trimestre de 2019, o abate de bovinos apresentou decréscimo de 5,4%, o de frangos diminuiu 1% e o de suínos subiu 1,5%.

Outros dados

O peso das carcaças acumulado no quarto trimestre de 2019 foi de 2,08 milhões de toneladas de bovinas, 1,06 milhão de toneladas de suínos e 3,36 milhões de toneladas de frangos.

A aquisição de leite cru diminuiu 0,9% na comparação anual, com um total de 6,64 bilhões de litros, mas na trimestral houve aumento de 5,5%. A aquisição de peças de couro pelos curtumes somou 7,88 milhões de peças inteiras, uma diminuição de 12,4% em relação ao quarto trimestre de 2018 e de 8,2% na comparação com o terceiro trimestre de 2019.

Já a produção de ovos de galinha atingiu 981,54 milhões de dúzias, um aumento de 4,3% na comparação anual e de 1,7% na comparação trimestral.