Funerária Scopel
Marmoraria Felicetti topo
Loja Sol topo
Odontologia Pacheco
Techy Internet topo
Restaurante Alvorada topo
Armazém dos Óculos topo
Sicredi topo
Supermercado Comin topo
Quality Solar topo
HB Informática 1
Geral

Agências do INSS retomam atendimento presencial a partir de hoje

Segurados devem agendar atendimento pela internet ou telefone

14/09/2020 08h57
Por: Redacao
Fonte: Agência Brasil
50
As pessoas só devem ir às agências estando com agendamento prévio feito pelo telefone 135 ou pelo aplicativo Meu INSS (Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)
As pessoas só devem ir às agências estando com agendamento prévio feito pelo telefone 135 ou pelo aplicativo Meu INSS (Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

As agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) retomam as atividades presenciais a partir de hoje, 14 de setembro, em todo o país. Nesta primeira fase de reabertura, somente os atendimentos agendados previamente serão realizados nas agências, incluindo, em alguns casos, a retomada da perícia médica previdenciária, que ocorrerá apenas em unidades específicas.

De acordo com o INSS, cerca de 600 agências estarão reabertas. O número representa menos da metade das unidades do INSS, mas corresponde às maiores agências, as que tem maior capacidade de atendimento. O governo deve divulgar ao longo da semana a lista completa das agências abertas, mas o segurado já pode consultar a informação no aplicativo Meu INSS ou no telefone 135.

"As pessoas só devem ir às agências estando com agendamento prévio feito pelo telefone 135 ou pelo aplicativo Meu INSS. Qualquer dúvida pode ser tirada pelo 135 ou pelo chat Helô, dentro do aplicativo", afirmou o presidente do INSS, Leonardo Rolim Guimarães, na última sexta-feira, ao anunciar a reabertura. O horário de funcionamento das agências será de 7h às 13h, de segunda a sexta.

"Um outro ponto importante que a gente precisa lembrar as pessoas é que não devem procurar agendamento para aqueles serviços que podem ser feitos de forma remota, por exemplo, uma aposentadoria, pensão, salário-maternidade. Esses serviços continuam sendo feitos remotamente", acrescentou Rolim.