Campos Auto Center topo
Odontologia Pacheco
Funerária Scopel topo
Restaurante Alvorada topo
E.B Instalações Elétricas topo
Móveis Incomaba topo
Mercado Pereira topo
Sicredi topo
Supermercado Comin topo
Armazém dos Óculos topo
Marmoraria Felicetti topo
Farmácias São Miguel topo
Quality Solar topo
Loja Sol topo
Techy Internet topo
HB Informática 1
Agropecuária

Cultivo de Plantas Alimentícias Não Convencionais é tema de curso online da Epagri no dia 30

A live será entre 14h e 16h no canal de capacitações da Epagri no YouTube

25/09/2020 08h39Atualizado há 4 semanas
Por: Redacao
Fonte: Assessoria de Comunicação
116
As Panc não fazem parte do cotidiano alimentar da população, mas ainda são usadas tradicionalmente em determinadas regiões ou culturas (Foto: Divulgação/Epagri)
As Panc não fazem parte do cotidiano alimentar da população, mas ainda são usadas tradicionalmente em determinadas regiões ou culturas (Foto: Divulgação/Epagri)

No dia 30 de setembro a Epagri realiza mais um curso online e gratuito sobre Plantas Alimentícias Não Convencionais (Pancs). Na live, que ocorre entre 14h e 16h no canal de capacitações da Epagri no YouTube, os extensionistas da Epagri Cristina Ramos Callegari e Altamiro Morais Matos Filho conversam sobre cultivo e usos de Panc com o convidado Nuno Madeira, pesquisador da Embrapa Hortaliças.

Não é preciso se inscrever para participar do curso, basta acessar no dia e hora marcados. Durante o evento online será disponibilizado um formulário para ser preenchido por aqueles que tiverem interesse em receber certificado.

Nuno Madeira é agrônomo pela Universidade Federal de Viçosa, formado em 1994. Em 2002 tornou-se pesquisador da Embrapa Hortaliças, onde é responsável pelos trabalhos com Hortaliças Tradicionais, além de curador e guardião das coleções de germoplasma da Embrapa de Hortaliças Panc, Mandioquinha-Salsa, Inhame e Inhame-Cará.

Sobre Panc

As Panc não fazem parte do cotidiano alimentar da população, mas ainda são usadas tradicionalmente em determinadas regiões ou culturas. Segundo a extensionista da Epagri, o termo “não convencionais” significa que não são produzidas e comercializadas em grande escala, fazendo com que seu cultivo e uso possam cair no esquecimento. “Seu consumo tem diminuído em áreas rurais e urbanas e entre todas as classes sociais, resultado da globalização, da urbanização e do crescente uso de alimentos industrializados”, alerta Cristina.  

A extensionista destaca que o uso dessas plantas na alimentação é amparado pelo saber popular e pesquisas científicas, porém, é necessário poder identificar corretamente os vegetais, conhecer suas partes comestíveis e as formas de preparo indicadas. Para estudar e demonstrar os benefícios das Panc para agricultores e consumidores, a Epagri desenvolve em Florianópolis o Projeto de Identificação, Cultivo e Uso de Panc.

Projeto

O projeto inclui atividades de capacitação do público, como dias de campo, palestras, oficinas e visitas a agricultores que utilizam Panc. Também são promovidas articulações para comercialização das plantas, principalmente em feiras, em cestas agroecológicas e no Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), além da participação em campanhas de educação alimentar e nutricional.

A Epagri ainda vem promovendo encontros de trocas de sementes, mudas e receitas e capacitando seus extensionistas em diversos municípios. Outras ações da Empresa foram publicar boletim didático sobre o tema e, mais recentemente, realizar as capacitações online.

Com a pandemia, as atividades presenciais foram suspensas e a Epagri realizou em 22 de julho a primeira capacitação online em Panc. Participaram mais de 600 pessoas, de diversos estados e de todas as regiões do país.

“Saber identificar, cultivar e usar as Panc contribui com a valorização das culturas alimentares nas quais essas plantas estão presentes e evita que elas desapareçam do nosso cotidiano. Contribui também com a conservação e uso da biodiversidade, a promoção da segurança alimentar e nutricional, a soberania alimentar e a garantia do direito humano à alimentação adequada e saudável”, finaliza Cristina.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários