Techy Internet topo
Supermercado Comin topo
Odontologia Pacheco
Restaurante Alvorada topo
Farmácias São Miguel topo
Loja Sol topo
HB Informática 1
Mercado Pereira topo
Sicredi topo
Campos Auto Center topo
Quality Solar topo
Marmoraria Felicetti topo
Armazém dos Óculos topo
E.B Instalações Elétricas topo
Funerária Scopel topo
Móveis Incomaba topo
Ensino

Municípios da Ameosc dificilmente terão retorno das aulas presenciais em 2020

Durante a reunião, os prefeitos atualizaram os dados da matriz de risco para Covid-19 na região

06/10/2020 08h10
Por: Redacao
Fonte: Assessoria de Comunicação
56
Os prefeitos definiram por unanimidade pelo provável não retorno das aulas presenciais neste ano (Foto: Internet)
Os prefeitos definiram por unanimidade pelo provável não retorno das aulas presenciais neste ano (Foto: Internet)

Os prefeitos e secretários de Educação dos 19 municípios que compõe a Ameosc (Associação dos Municípios do Extremo Oeste de Santa Catarina) se reuniram ontem, 5 de outubro, em mais uma assembleia por videoconferência. Durante a reunião, os prefeitos atualizaram os dados da matriz de risco para Covid-19 na região.

O mapa de risco foi publicado pelo Centro de Operações de Emergência em Saúde (Coes) no dia 28 de setembro, bem como os novos critérios que compõem a atualização. Levando em consideração os novos critérios, a região do Extremo Oeste passou da faixa amarela ou parâmetro alto para faixa laranja ou parâmetro grave no dia 28 de setembro. Com esta classificação, os prefeitos deliberaram sobre as últimas portarias publicadas pelo Governo do Estado:

- portaria da Secretaria de Estado da Saúde nº 749, de 25 de setembro de 2020, que trata dos eventos públicos na modalidade drive in (cinemas, Shows, apresentações teatrais e músicas;

- portaria da Secretaria de Estado da Saúde nº 754, de 25 de setembro de 2020, que autoriza a retomada dos treinos e jogos de futsal promovidos pela Federação Catarinense de Futebol de salão;

- portaria conjunta nº 750 Secretaria de Estado da Saúde / Secretaria de Estado da Educação / Defesa Civil de Santa Catarina, de 25 de setembro de 2020, que determina que cada município elabore o plano de contingência municipal de educação, seguindo o modelo do Plano Estadual de Contingencia para a Educação;

- portaria 769, de 1º de outubro de 2020, que trata sobre as aulas presenciais nas unidades das redes públicas e privadas de ensino municipal e estadual;

A coordenadora do Colegiado de Educação da Ameosc, Sandra Schuch, falou sobre as dificuldades de um possível retorno das aulas presenciais, de reforço escolar, como também de prestar o serviço ao Estado na realização do transporte escolar de reforço aos alunos.

O prefeito Jorge Welter, de Itapiranga, enfatizou a posição do município de não retornar com as aulas presenciais em 2020, enquanto o prefeito de São Miguel do Oeste, Wilson Trevisan, destacou que a posição do município é de reproduzir as portarias e decretos estaduais no município, assim sendo também quanto às aulas presenciais e de reforço. Já o prefeito de Tunápolis, Renato Paulata, destacou a preocupação com os alunos que apresentam dificuldades de aprendizagem e, para tanto, é importante ver alternativas para que possam recuperar os conteúdos, diante da pandemia que prejudica o ensino.

Após as considerações, o presidente da Ameosc, Plínio de Castro, colocou para deliberação a proposta de retorno das aulas e reforço presencial. Por conta da nova classificação de risco da região para o Coronavírus, os presentes definiram por unanimidade pelo provável não retorno das aulas presenciais no ano de 2020, mesmo que a região retorne no mapa de risco alto ou amarelo. Nas aulas de reforço será seguido critério do Estado, auxiliando os municípios no transporte escolar e, na sequência, proporcionar gradativamente aulas de reforço, conforme portaria do Estado.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários