Supermercado Comin topo
Loja Sol topo
Mercado Pereira topo
Techy Internet topo
Restaurante Alvorada topo
Funerária Scopel topo
Campos Auto Center topo
HB Informática 1
Odontologia Pacheco
Sicredi topo
Marmoraria Felicetti topo
Farmácias São Miguel topo
E.B Instalações Elétricas topo
Móveis Incomaba topo
Quality Solar topo
Armazém dos Óculos topo
Kika Restaurante topo
Agropecuária

Governo do Estado destina R$ 3 milhões para compra de reservatórios e transporte de água

Os recursos são da Alesc e servirá para amenizar os prejuízos causados pela estiagem em Santa Catarina

17/11/2020 06h36
Por: Redacao
Fonte: Assessoria de Comunicação
136
A estratégia trará alívio a famílias e comunidades catarinenses que convivem com a falta de água diariamente (Foto: Daniel Conzi/Agência AL)
A estratégia trará alívio a famílias e comunidades catarinenses que convivem com a falta de água diariamente (Foto: Daniel Conzi/Agência AL)

O Governo do Estado vai investir mais R$ 3 milhões, com recursos da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Alesc), em ações para amenizar os prejuízos causados pela estiagem em Santa Catarina. O recurso será usado na aquisição de reservatórios e no transporte de água para as localidades mais atingidas. A medida foi tomada durante reunião dos chefes da Casa Civil, Ricardo Miranda Aversa, e da Defesa Civil, Aldo Baptista Neto, com o presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), Júlio Garcia, e com o deputado estadual Onir Mocellin na tarde de ontem.

“Com o advento da estiagem, novas prioridades surgiram no atendimento emergencial à população. Com isso, o Governo de SC propôs à Alesc uma reorganização financeira de recursos já repassados anteriormente para que possamos aplicar cerca de R$ 3 milhões no combate a esse grave problema”, afirmou o chefe da Casa Civil.

Cidades afetadas pela estiagem e que têm seus decretos de situação de emergência homologados poderão fazer a solicitação dos itens que constam na estratégia de enfrentamento. Em Santa Catarina, a estiagem atinge principalmente as regiões Oeste, Meio-Oeste, Extremo Oeste e Planalto Sul.

Para o chefe da Defesa Civil, a estratégia que será disponibilizada para os municípios, com o valor destinado, trará alívio a famílias e comunidades catarinenses que convivem com a falta de água diariamente. “Esse recurso é importante porque nos dá agilidade na resposta à população. Os reservatórios de água vão atender comunidades nas mais variadas atividades”, ressaltou Aldo Baptista Neto.

Para o transporte de água serão usados caminhões basculante adaptados especialmente para a função e equipados com moto bombas, reservatório e mangueiras.

Desde 2019, uma série de medidas vem sendo adotada para monitorar a evolução da estiagem e minimizar os danos. Com este foco, equipes da Defesa Civil percorreram municípios, avaliando cada situação e garantindo que as melhores ações possam ser colocadas em prática.

Recursos para a agricultura

Os R$ 3 milhões somam-se a R$ 39 milhões disponibilizado em 2020 aos agricultores de Santa Catarina para reduzir os prejuízos com a seca e com outros efeitos climáticos. Na última semana, a Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural anunciou um aporte de R$ 15 milhões, também com recursos da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Alesc), que serão investidos em projetos de captação, armazenagem e distribuição de água para produtores rurais em situação de vulnerabilidade social e de médio porte, além do repasse de recursos para os municípios mais afetados.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários