Segunda, 25 de Janeiro de 2021 08:10
(49) 99173 6876
Segurança Pública Segurança Pública

Polícia Civil de Descanso instaura procedimento por falsa comunicação de crime

A pena é de até seis meses de detenção. Caso a comunicação indique uma pessoa inocente, a pena passa a ser de até oito anos

27/11/2020 17h08
292
Por: Redacao Fonte: Assessoria de Comunicação
Um homem admitiu que provocou a ação mesmo sabendo que o fato não ocorreu (Foto: Assessoria de Comunicação)
Um homem admitiu que provocou a ação mesmo sabendo que o fato não ocorreu (Foto: Assessoria de Comunicação)

Um homem de 40 anos registrou Boletim de Ocorrência relatando o furto de uma motosserra. Diante disso, a Polícia Civil realizou diligências investigativas a fim de localizar o objeto, colhendo depoimentos e confeccionando relatórios.

Porém, foi possível concluir que o homem havia vendido a motosserra e, por não ter recebido o valor integral, registrou falsamente como furto. Ao ser intimado para esclarecimento, o homem admitiu que provocou a ação da Polícia mesmo sabendo que o fato não ocorreu.

A pena para quem comunica falsamente crime é de até seis meses de detenção. Caso a comunicação indique uma pessoa inocente, a pena passa a ser de até oito anos.

A Polícia Civil esclarece que mesmo diante do atual cenário de pandemia decorrente do novo Coronavírus, com a vigência das medidas de isolamento social decretadas, continua realizando ininterruptamente suas atribuições constitucionais de apuração das infrações penais.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias