Quarta, 03 de Março de 2021 11:10
(49) 99173 6876
Geral Geral

Conselho Municipal de Turismo e Desenvolvimento Econômico discute ações

A resolução das questões pendentes em relação à Área Industrial e o desenvolvimento e criação do Programa Banco Parceiro, foram os principais assuntos abordados

13/02/2021 08h28
64
Por: Redacao Fonte: Assessoria de Comunicação
Uma nova reunião será realizada para novos encaminhamentos (Foto: Assessoria de Comunicação)
Uma nova reunião será realizada para novos encaminhamentos (Foto: Assessoria de Comunicação)

Com o objetivo de deliberar estratégias e propor soluções para o desenvolvimento econômico de Descanso, integrantes do Conselho Municipal de Turismo e Desenvolvimento Econômico de Descanso se reuniram na sala de reuniões do Centro Administrativo na manhã de ontem.

A resolução das questões pendentes em relação à Área Industrial e o desenvolvimento e criação do Programa Banco Parceiro, foram os principais assuntos abordados.

Na oportunidade, a procuradora do município, Ana Flávia Moreria, expôs a situação dos quatro pórticos e dois galpões localizados na Área Industrial. “Agora vamos buscar mais informações para que na próxima reunião, que deverá ser realizada dentro de 30 dias, se possa ter uma decisão do que podemos fazer para resolver essa questão de vez, sem criar uma bomba relógio”, destaca o secretário de Desenvolvimento Econômico, Paulo Lauxen.

Programa Banco Parceiro

O programa é uma iniciativa do Governo Municipal que tem por objetivo oferecer aos micro empreendedores individuais (MEI), micro empresas (ME) e empresas de pequena porte (EPP) de Descanso, a oportunidade de acesso a empréstimos para capital de giro e investimentos.

Segundo Lauxen, a intenção é proporcionar condições facilitadas, taxas de juros mais baixas e com subsídio do município. “Iniciou-se no conselho todo um estudo e levantamento para trabalhar a possibilidade de desenvolver e implantar esse programa o quanto antes, se a legislação permitir. Queremos que nossos empreendedores tenham um fôlego para que continuem investindo e aumentando suas vendas”, destaca.

A previsão é que o Banco Parceiro tenha duas linhas de crédito. “Uma para capital de giro e investimentos nas empresas e outra para a regularização das fossas e passeios. Ou seja, nossa intenção é abrir crédito para que as pessoas possam regularizar suas fossas e passeios com facilidade”, comenta Lauxen.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias