Quinta, 06 de Maio de 2021 21:12
(49) 99173 6876
Dólar comercial R$ 5,28 -1.62%
Euro R$ 6,37 -1.12%
Peso Argentino R$ 0,06 -1.75%
Bitcoin R$ 315.656,43 -0.898%
Bovespa 119.920,61 pontos +0.3%
Economia Economia

Comércio espera aumento nas vendas para o Dia das Mães, aponta FCDL/SC

Roupas e calçados lideram a lista de intenção de compras de presentes

28/04/2021 10h55
83
Por: Redacao Fonte: Assessoria de Comunicação
53% dos entrevistados acreditam que as vendas para o Dia das Mães deste ano serão superiores às registradas no mesmo período do ano passado (Foto: Divulgação)
53% dos entrevistados acreditam que as vendas para o Dia das Mães deste ano serão superiores às registradas no mesmo período do ano passado (Foto: Divulgação)

Levantamento realizado pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL/SC) aponta que 53% dos entrevistados acreditam que as vendas para o Dia das Mães deste ano serão superiores às registradas no mesmo período do ano passado. Outros 36% avaliam que o resultado deve ser igual.

Mesmo com os impactos da pandemia, a maior parte dos entrevistados, 39,9%, avalia que o crescimento nas vendas será de até 4%. “O dia das mães é uma das principais datas do comércio, atrás apenas do Natal. O otimismo identificado no varejo catarinense é um importante sinal de uma retomada do horizonte pós-pandemia. Lembrando sempre que todos os cuidados sanitários continuam sendo rigorosamente cumpridos nas lojas, para segurança dos funcionários e dos clientes”, avalia Ivan Roberto Tauffer, presidente da FCDL/SC.

Entre os itens que deverão ser mais procurados para a data, destaque para roupas e calçados (mencionados por 36,1% dos entrevistados), flores (19,1%), eletroeletrônicos (11,2%) e chocolates (10,4%). Foi identificado ainda que 65,2% dos empresários estão programando alguma promoção e 31,6% estimam um tíquete médio entre R$ 51 e R$ 100.

O levantamento da FCDL/SC foi realizado com 400 empresas associadas que atuam no varejo em 20 cidades com maior potencial de consumo – IPC. Quanto à forma de atendimento, 52,2% estão operando tanto de forma física quanto on-line, 45% somente em loja física e 2,8% somente on-line.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias