Sexta, 18 de Junho de 2021 23:17
(49) 99173 6876
Dólar comercial R$ 5,07 0.92%
Euro R$ 6,02 +0.62%
Peso Argentino R$ 0,05 +0.88%
Bitcoin R$ 193.813,94 +1.815%
Bovespa 128.405,35 pontos +0.27%
Economia Economia

SC Mais Renda: saiba se você tem direito e como fazer o cadastro para receber o auxílio emergencial

O benefício, no valor de R$ 900, será pago em três parcelas mensais de R$ 300

11/06/2021 07h09
189
Por: Redacao Fonte: Assessoria de Comunicação
A expectativa é que 67 mil pessoas sejam beneficiadas em Santa Catarina (Foto: Divulgação)
A expectativa é que 67 mil pessoas sejam beneficiadas em Santa Catarina (Foto: Divulgação)

A partir de agora, já está liberado o cadastro no SC Mais Renda, o auxílio emergencial do Governo do Estado, para profissionais que perderam o vínculo formal de emprego durante a pandemia. As informações e o formulário para acesso estão disponíveis em sc.gov.br/scmaisrenda.

Tem direito a solicitar o benefício trabalhadores dos setores de alimentação, hospedagem, eventos, artes cênicas, turismo e transporte público, além de pessoas em situação de vulnerabilidade social. A expectativa é que 67 mil pessoas sejam beneficiadas em Santa Catarina.

“O SC Mais Renda é o auxílio emergencial do Governo do Estado que vai trazer mais dignidade aos catarinenses que perderam renda durante a pandemia. Queremos agilizar o apoio financeiro às famílias e atender aqueles que mais precisam neste momento”, afirma o governador Carlos Moisés, idealizador do SC Mais Renda. O benefício, no valor de R$ 900, será pago em três parcelas mensais de R$ 300.

O SC Mais Renda também irá contemplar famílias registradas no Cadastro Único (CadÚnico) e do Benefício de Prestação Continuada (BPC), que não receberam nenhum auxílio do Governo Federal. Essas pessoas não precisam realizar o cadastro junto ao site e devem procurar os Centros de Referência de Assistência Social (Cras) dos municípios para verificar a disponibilidade de receber o benefício.

O SC Mais Renda é uma iniciativa do Governo do Estado de Santa Catarina operacionalizado pelas Secretarias de Estado do Desenvolvimento Social (SDS) e Fazenda (SEF), com apoio das Secretarias de Estado da Administração (SEA), Casa Civil, Controladoria Geral do Estado (CGE), Secretaria Executiva de Comunicação (SEC), Ciasc e administrações municipais.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias