Domingo, 25 de Julho de 2021 19:06
(49) 99173 6876
Dólar comercial R$ 5,2 -0.05%
Euro R$ 6,12 -0.05%
Peso Argentino R$ 0,05 -0.06%
Bitcoin R$ 190.878,62 +6.008%
Bovespa 125.052,78 pontos -0.87%
Economia Economia

Santa Catarina conta com 7.215 vagas de emprego intermediadas pelo Sine

Há emprego também para os mais variados cargos, desde vagas para auxiliares a profissionais formados, como nutricionista

14/07/2021 08h27
85
Por: Redacao Fonte: Agência Brasil
No Oeste, o destaque é para a cidade de Concórdia, com 1.010 vagas disponíveis (Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Assessoria de Comunicação)
No Oeste, o destaque é para a cidade de Concórdia, com 1.010 vagas disponíveis (Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Assessoria de Comunicação)

Com 7.215 vagas abertas e intermediadas pelo Sistema Nacional do Emprego (Sine) órgão vinculado à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Santa Catarina tem o maior número de oportunidades do mês de julho até agora. As ofertas estão em todas as regiões catarinenses, das quais, 140 são para pessoas com deficiência (PcD). Há emprego também para os mais variados cargos, desde vagas para auxiliares a profissionais formados, como nutricionista.

Brusque, no Vale do Itajaí, é a cidade com mais vagas em aberto, entre as unidades do Sine. São 1.037 oportunidades disponíveis. No Oeste, o destaque é para a cidade de Concórdia, com 1.010 vagas disponíveis. Em São Miguel do Oeste são 794 vagas.

Na avaliação do secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Luciano Buligon, a oferta de vagas no estado é um reflexo do otimismo do mercado. O empresário industrial e do ramo da construção civil estão confiantes na retomada econômica. Dados do IBGE, de ontem, mostram o destaque de Santa Catarina também no setor de serviços.

“O setor é o maior motor da economia e tem bastante espaço para crescer, e deverá ter um papel relevante no aumento da atividade econômica nos próximos meses. Uma vez controlada a pandemia, impacta diretamente em mais vagas de emprego para a população, nosso principal objetivo de trabalho”, destaca o secretário.

O diretor de Emprego e Renda da SDE, Diego Goulart, reforça a importância do Sine neste momento de pandemia. “Estamos vivendo um momento desafiador e o Sine tem o papel de fazer a ponte entre as empresas que buscam candidatos e as pessoas que procuram emprego. Um serviço essencial e valioso, principalmente agora, onde muitos perderam seus empregos e buscam por novas oportunidades. A economia está retomando e é muito importante prestar esse serviço à população”, avalia.

Para concorrer

Candidatos devem procurar uma das 130 unidades do Sine, estaduais e municipais, em funcionamento em Santa Catarina. Para realizar o cadastro pessoalmente, é necessário apresentar documentos pessoais como RG, CPF e carteira de trabalho.

Devido à pandemia, o atendimento nas unidades está sendo feito via agendamento, por telefone. Outra possibilidade é o acompanhamento das vagas via aplicativo do Governo Federal Sine Fácil, que pode ser baixada no smartphone ou tablet. Lá o trabalhador poderá conferir as oportunidades de emprego, candidatar-se a uma vaga e também dar entrada no seguro-desemprego. As mesmas funcionalidades também estão disponíveis no portal Emprega Brasil.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias