Domingo, 26 de Setembro de 2021 16:49
(49) 99173 6876
Especial Colono e Motorista

Feirantes em Descanso se reinventam para vender mais durante a pandemia

Governo Municipal vai adquirir duas barracas para auxiliar e incentivar agricultores e artesãos

24/07/2021 17h03
519
Por: Redacao
Feira da Agricultura Familiar e do Artesanato ocorre todas as sextas-feiras ao lado do Auto Posto Daltoé (Fotos: Portal Minha Descanso)
Feira da Agricultura Familiar e do Artesanato ocorre todas as sextas-feiras ao lado do Auto Posto Daltoé (Fotos: Portal Minha Descanso)

As feiras agrícolas também foram afetadas pela pandemia do novo Coronavírus. Em Descanso, o cenário não foi diferente. Além de muitos agricultores pararem as atividades na Casa do Agricultor, apenas quatro famílias deram continuidade à Feira da Agricultura Familiar e do Artesanato, que, nos últimos 40 dias, após reuniões com autoridades, mudaram provisoriamente o local de venda.

Segundo a feirante Salete Tente, a ideia de atender das 9h às 16h de toda sexta-feira, ao lado do Auto Posto Daltoé, foi uma decisão assertiva. “Conversamos com o prefeito, secretário e representante da Epagri porque estávamos sem movimento de clientes. Aqui começamos nas quartas e agora as feiras são nas sextas-feiras”.

“Da escala de 1 a 10 em vendas, dou 9. O ponto é maravilhoso, têm pessoas de outros municípios que, ao passarem pelas avenidas, param para comprar”, reforça Salete, que comercializa artesanato: bonecas de pano, panos de copa, tapetes de banheiro e cozinha, enfeites para chimarrão, entre outros.

No começo se instalou barraca cedida pela Epagri. Nas últimas duas edições um empresário emprestou. Para colaborar com os feirantes, o Governo Municipal se comprometeu e irá comprar os materiais para instalação. “O teste feito pelos feirantes deu resultado positivo. Por isso, a municipalidade irá comprar as barracas para auxiliar e incentivá-los. A estrutura, que deverá chegar em 15 dias, será 3 x 3 metros e, com certeza, também possibilitará a sua utilização para outros eventos”, promete o secretário municipal de Agricultura, Robson Zappani.

Para Irnite De Togni, moradora de linha Gaúcha, o medo e os cuidados da transmissão do vírus dificultou a presença dos clientes em sala na Casa do Agricultor. “No começo da pandemia paramos uma ou duas sextas. Até chegamos a atender pedidos por delivery, uma ideia que surgiu pela Epagri. Com o tempo não estava mais adiantando fazer e não ter para quem vender. Atualmente, vendo mais de 20 pães se comparar os três quando estávamos lá em cima”, fala.

Irnite defende a ideia de as feiras continuarem sendo realizadas. É da atividade e mais a entrega de produtos para a merenda escolar que a família tira a renda. “O jeito que estão as coisas e os insumos caros, a gente consegue, através do que produzimos e vendemos, manter as nossas despesas”. Dos produtos, ela vende pães, cucas, bolachas, grostolis, esfirras, verduras, legumes e grãos (feijão, pipoca).

Há mais de 20 anos participante das feiras em Descanso, o casal Ivo e Rita Paulus, de São Miguel do Oeste, sempre enxergaram a oportunidade de faturamento. “Vendemos pão de milho, bolachas, biscoitos, rapaduras, puxa-puxa, verduras e frutas. Sempre trago a quantia certa para atender os clientes”, resume.

Dona Carmem Antoniazzi é outra feirante, mas ontem não estava no local. Mesmo assim, colegas falaram que no espaço dela tem legumes, produtos sem glúten e sem lactose.

Importância da Feira

Conforme a extensionista social do escritório da Epagri em Descanso, Flávia Maria de Oliveira, a feira tem um papel importante na organização popular dos seus atores, sejam famílias agricultoras ou artesãs. “É uma relação direta de vendas com o consumidor, assegurando uma comercialização justa e solidária. Também se valoriza o produto local e a identidade cultural expressa na produção artesanal”, qualifica.

Cuidados sanitários

Durante as feiras são seguidos os protocolos sanitários conforme exige as autoridades municipal e estadual: distanciamento social, uso de máscaras e uso de álcool.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias