Domingo, 26 de Setembro de 2021 16:48
(49) 99173 6876
Geral Regional

Conselho das Entidades realiza reunião de mobilização de voos regulares em São Miguel

Voo inaugural está previsto para 16 de setembro ao custo de R$ 600

01/09/2021 21h46
66
Por: Redacao Fonte: Assessoria de Comunicação
O objetivo da reunião foi apresentar a proposta da Aerosul Linhas Aéreas e ouvir suas sugestões e questionamentos (Fotos: Assessoria de Comunicação)
O objetivo da reunião foi apresentar a proposta da Aerosul Linhas Aéreas e ouvir suas sugestões e questionamentos (Fotos: Assessoria de Comunicação)

Na manhã desta quarta-feira, 1º de setembro, foi realizada, no auditório da Associação Empresarial de São Miguel do Oeste (Acismo), uma reunião de mobilização para a realização de voos regulares no município. A reunião foi uma iniciativa do Conselho das Entidades contou com a presença de empresários dos mais diversos ramos do município, além de representantes de órgãos públicos e entidades locais.

De acordo com o presidente da Acismo e do Conselho das Entidades, Daniel de Souza, o objetivo da reunião foi apresentar a proposta da Aerosul Linhas Aéreas e ouvir suas sugestões e questionamentos. Daniel recorda que o aeroporto é uma demanda antiga da comunidade, uma reivindicação que hoje é feita por mais de 17 entidades que compõem o Conselho.

“Essa é uma reivindicação, uma demanda nossa de muitos anos, onde tentamos isso por muitas vezes, e muitas empresas desistiram. Mas entendemos que deveríamos mobilizar os empresários e a classe política. Então, fizemos um acordo com o prefeito Wilson Trevisan e vice Edenilson Zanardi, onde eles fariam essa mobilização junto a Ameosc e Amerios e nós, do Conselho das Entidades, faríamos isso junto aos empresários”, afirma.

Voo inaugural está previsto para 16 de setembro

Conforme explica Daniel de Souza, a aeronave disponibilizada para os voos em São Miguel do Oeste tem nove lugares e fará inicialmente a linha São Miguel do Oeste Florianópolis com voos nas segundas e quintas-feiras, no valor de R$ 600. O voo inaugural está previsto para o dia 16 de setembro, mas para isso acontecer é necessário que haja a compra de quatro passagens. “Tendo esses passageiros, essas passagens compradas, nós poderemos buscar outros horários, voos diários. Então nesse primeiro momento vamos aceitar esses voos, nós queremos esses voos, nós precisamos desses voos”, reforça.

O presidente também enfatiza que essa não é uma luta defendida para beneficiar A, B ou C, mas sim para beneficiar toda a região. “Precisamos estar ligados à nossa capital e outros grandes centros. E, esse voo vem para facilitar não somente para quem quer ir passear, mas também para quem quiser investir, bem como para empresas que trazem técnicos e professores, só para você ver o quanto é importante. Eu acho que esse voo regular acaba também colocando São Miguel do Oeste em um mapa do turismo de negócios, que foi uma coisa que a gente sempre buscou enquanto Conselho das Entidades. Então nossa expectativa é de que esses voos saiam daqui 100% lotados e, para que a gente possa ainda ter um voo a mais e, que seja, na sexta-feira para retornar na segunda, ou que vá e volte no mesmo dia”, finaliza.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias