Domingo, 26 de Setembro de 2021 15:06
(49) 99173 6876
Saúde Saúde e Bem-Estar

Alerta para o exame de mamografia após vacina contra Covid-19

A imunização não provoca câncer, diz médico oncologista

08/09/2021 08h36
72
Por: Redacao
Por William Casagrande Sanches, médico oncologista clínico do Hospital Regional Terezinha Gaio Basso de São Miguel do Oeste
Por William Casagrande Sanches, médico oncologista clínico do Hospital Regional Terezinha Gaio Basso de São Miguel do Oeste

A mamografia é um dos exames mais importantes para a detecção do câncer de mama. Quando há o diagnóstico precoce, as chances de cura aumentam. O tratamento na fase inicial da doença pode ser menos agressivo à paciente.

A faixa etária com maior incidência da doença é dos 50 aos 69 anos. Mas, a Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) recomenda que mulheres a partir dos 40 anos de idade façam mamografia uma vez ao ano, para garantir o diagnóstico precoce da doença.

O exame deve ser feito ainda mais cedo, a partir dos 30 anos de idade, em pacientes que têm histórico familiar de câncer.

A Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (Femama) está alertando as mulheres para que não façam exames de mamografia logo depois de terem tomado vacina contra a Covid-19.

O exame deve continuar sendo feito, mas a recomendação é de que as mulheres relatem ao médico caso tenham tomado a vacina. Isso porque os laudos de mamografias e ultrassonografias estão mostrando a presença de linfonodos, também chamados gânglios ou ínguas, nas axilas das pacientes. Em alguns casos, isso pode ser consequência da vacina contra a Covid-19.

Na maioria das vezes, depois de 15 ou 30 dias que a paciente recebeu a vacina os linfonodos voltam ao normal. A vacina contra a Covid não provoca câncer. É apenas uma reação inflamatória do corpo ao imunizante. Caso a paciente esteja investigando algum nódulo ou caroço suspeito na mama, é preciso apenas informar o médico de que tomou a vacina.

Não é para deixar de fazer o exame, mas, caso a mulher tenha tomado a vacina, a orientação é de a mamografia seja feita depois de duas a quatro semanas. E isso vale também para outros tipos de vacina, não só a Covid-19.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias