Domingo, 26 de Setembro de 2021 16:43
(49) 99173 6876
Esportes Esportes

Por mérito e direito, Chapecoense vence o RB Bragantino em Bragança Paulista

Verdão conquista primeira vitória na competição

12/09/2021 08h12
72
Por: Redacao Fonte: Assessoria de Comunicação
Placar foi de 2 a 1 para o time do Oeste de Santa Catarina (Foto: Márcio Cunha / ACF)
Placar foi de 2 a 1 para o time do Oeste de Santa Catarina (Foto: Márcio Cunha / ACF)

Se é verdade que a vitória da Chapecoense demorou a chegar, também é verdade que a primeira flechada na Série A do Campeonato Brasileiro de 2021 foi sacramentada, legitimamente, com a cara do clube. E com a licença poética que a emoção de um resultado positivo proporciona, nem mesmo se fosse roteirizada a trama dos primeiros três pontos seria tão fidedigna à história de superação da Chape como foi, ontem a noite, no duelo contra contra o Red Bull Bragantino.

Jogando em Bragança Paulista contra o melhor mandante da competição, a equipe alviverde fez partida de incontestável supremacia e, depois de sofrer um gol de pênalti e sair atrás no placar, lutou de forma heroica e buscou a virada no último lance da partida.

A partida:

No primeiro lance do jogo, a Chape deu o tom de como seria a partida com Bruno Silva invadindo a área e finalizando para defesa do goleiro adversário. Na sequência do embate, dominando as ações, a equipe alviverde seguiu criando boas oportunidades e levando perigo ao ataque: aos 30, Bruno Silva cortou pra dentro e finalizou, mas mandou por cima da meta; na sequência, aos , Busanello invadiu a área pela esquerda e finalizou cruzado, para grande defesa de Cleiton. Apesar de melhor na partida, a Chape viu o RB Bragantino abrir o placar aos 37, com Artur convertendo cobrança de pênalti.

Mesmo atrás no placar, a Chape manteve o ímpeto e voltou para o segundo tempo disposta a buscar a vitória. Depois de muita pressão, a reação teve início aos 33, quando Ravanelli cobrou falta na área e Mike subiu mais alto que a marcação para cabecear para o fundo da rede. Nos lances seguintes, o que se viu foi uma verdadeira blitz alviverde na área adversária: Aos 40, Anselmo Ramon carimbou o travessão; aos 47, Fabinho arrumou espaço e chutou com força, para defesa do goleiro; e aos 49, finalmente, veio a redenção: Ravanelli cobrou falta na área, Jordan escorou e o camisa nove da Chape mandou para o fundo das redes, dando números finais ao jogo. 

Após a partida, o técnico Pintado exaltou a entrega do grupo e o trabalho que vem sendo realizados por todos no clube e celebrou a vitória. "Quero que o torcedor da Chapecoense, hoje, tenha orgulho desse resultado. Foi um jogo muito difícil e nós vencemos porque fomos melhores. Não teve ninguém pra ajudar a gente e isso é muito importante. Com humildade, vamos curtir e saborear essa vitória (...). Vamos sorrir novamente. Ter orgulho do nosso trabalho. Ter orgulho dessa camisa. Ter orgulho dessa história".

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias