Domingo, 24 de Outubro de 2021 12:14
(49) 99173 6876
Saúde Saúde

Coronavírus em SC: mortes por Covid-19 diminuem 86% em cinco meses

De março, mês mais crítico da pandemia, até setembro, os números apontaram redução

09/10/2021 09h17
89
Por: Redacao Fonte: Assessoria de Comunicação
O Estado está entre os três que possuem as menores taxas de letalidade pela doença no país (Arte: Divulgação)
O Estado está entre os três que possuem as menores taxas de letalidade pela doença no país (Arte: Divulgação)

Nos últimos meses, o Estado registrou uma diminuição significativa no número de mortos em decorrência do Coronavírus. Segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES), de março, mês mais crítico da pandemia, até setembro, os números apontam para uma redução de 86,24%. O decréscimo foi observado mês a mês. Em março, foram perdidas 3.648 vidas para a Covid, enquanto agosto foram 660 e setembro, 500, sendo estes os dois primeiros meses do ano a registrar menos de mil mortes/mês.

"Ainda são números altos de óbitos, mas claramente houve uma mudança significativa na ação do vírus, graças a medidas acertadas da Secretaria da Saúde e estarmos entre os três estados que mais vacinaram no país. O resultado da imunização está sendo exposto nos números", destacou o secretário da Saúde André Motta Ribeiro.

A redução é o reflexo ainda de outros índices observados pela SES, entre eles o de ocupação de leitos de UTI. Em 31 de março, a taxa de ocupação chegava a 98,8% com fila de espera por leitos em algumas unidades. A fila foi zerada em 9 de julho e a ocupação seguiu reduzindo, chegando a 61,9% na quinta-feira, 7.

O Estado está entre os três que possuem as menores taxas de letalidade por Covid-19 no país, com 1,6%, ao lado de Roraima e Amapá, sendo que SC possui uma população acima de 7 milhões de habitantes, enquanto os dois outros estão abaixo de 1 milhão. “É importante observarmos os números da população para entendermos o resultado do trabalho que vem sendo desenvolvido frente à pandemia. Mesmo com uma população maior que muitos outros entes da população, conseguimos manter uma taxa de letalidade bem abaixo da média nacional”, complementa o secretário.

A taxa de letalidade no país é de 2,8%, segundo dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde.

A melhora nos índices de combate à pandemia vem sendo ainda demonstrada na Matriz de Risco potencial que há duas semanas registra regiões em risco moderado (cor azul). Fato ainda inédito desde a implementação da Matriz em julho de 2020. 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias