Odontologia Pacheco
Restaurante Alvorada topo
Sicredi topo
Quality Solar topo
HB Informática 1
Loja Sol topo
Techy Internet topo
Armazém dos Óculos topo
Funerária Scopel
Supermercado Comin topo
Marmoraria Felicetti topo
Móveis Incomaba topo
Protomed topo

Lição 12: Fundamentos da fé cristã - Deus é eterno

O espírito é o que vivifica, a carne para nada aproveita; as palavras que eu vos tenho dito são espírito e são vida. (Jo 6:63)

Espírito e Vida

Espírito e VidaPalavras de edificação. É destinada a proporcionar leituras que supram vida e o ajudem a ser aperfeiçoado em Espírito, assim como nos ensinou Cristo. Pastor, atuante em Descanso, e capitão da Polícia Militar de São Miguel do Oeste, Nilson Rubini.

11/06/2019 20h23Atualizado há 1 ano
Por: Redacao
533
Foto: Internet
Foto: Internet

Deus é eterno e a criação testifica a Sua existência. O fato de Deus ser eterno O torna aquele que não tem começo de dias nem fim de existência, a própria criação testifica isso: O Salmo 19:1 que “os céus proclamam a glória de Deus, e o firmamento anuncia as obras de suas mãos” e Romanos 1:20 a explica que “os atributos invisíveis de Deus, assim o seu eterno poder, como também a sua própria divindade, claramente se reconhecem, desde o princípio do mundo, sendo percebidos por meio das coisas que foram criadas”. Hebreus 1:1 e João 1:1-3 nos revelam que todas as coisas foram criadas por Deus por meio de Cristo, o Deus invisível, de algum modo é expressado pelas coisas visíveis que criou.

Tudo nos mostra, o tempo todo, que Deus existe mas os insensatos rejeitam os conhecimentos de Deus. Com relação à existência de Deus, a bíblia nos apresenta três tipos de pessoas: 1. As que não creem na existência de Deus - “Diz o insensato no seu coração: Não há Deus” (Salmos 14:1); 2. As que não sabem se Ele existe ou não – “Tudo fez Deus formoso no seu devido tempo; também pôs a eternidade no coração do homem, sem que este possa descobrir as obras que Deu as fez desde o princípio até ao fim” (Eclesiastes 3:11); 3. Os que creem que Ele existe – “De fato, sem fé é impossível agradar a Deus, porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que Ele existe e que se torna galardoador dos que o buscam” (Hebreus 11:6).

Lamentavelmente alguns homens preferem negar ou desprezar o conhecimento de Deus numa tentativa de “fugir” da responsabilidade de seus atos e viverem segundo seus próprios padrões e opiniões como se nunca tivessem que prestar contas (Romanos 1:28). Outros dizem não saber ao certo e vivem na esperança de que Ele não exista, pois do contrário como justificarão suas ações quando se encontrarem com Ele? (Romanos1:32). Na cultura do século 21 vemos um esforço tremendo para remover a Bíblia da cultura moderna, querem “vender a ideia” de: “comamos e bebamos, que amanhã morreremos” (1 Corintios 15:32 b), ou seja, “faça o que você quiser que não haverá consequências”, para estes se alerta: “o princípio da sabedoria é o temor do Senhor” (Provérbios 1:7 e 9:10). 

Ressalte-se que independentemente de qualquer teoria que os homens inventem, Deus é eterno, sem começo de dias nem fim de existência, Ele diz: “Eu Sou o Alfa e o Ômega, o Primeiro e o Último, o Princípio e o Fim”, isso significa que antes e depois d´Ele não havia, nem haverá nada (Apocalipse 22:13). Em Êxodo 3:14-15 ele se apresentou para Moisés como o Eu Sou, ou seja, Ele simplesmente é, o que indica Sua eternidade, Ele tem sido nosso refúgio, de geração em geração. Antes que os montes nascessem e se formassem a terra e o mundo, de eternidade a eternidade ele é Deus (Salmos 90:1-2).

Além disso, Ele é tudo o que precisamos, para cada necessidade que tivermos Ele nos responderá: Eu Sou! Ele é nossa vida, paz, alegria, Criador, Salvador, Redentor, Rei, Senhor, amigo, fortaleza, morada, abrigo, proteção, auxílio, alegria, paz, cântico e tudo o mais. Por isso Ele é o único Deus, não há outro, por isso é Santo e incomparável (Isaías 45:5, Salmos 86:10 e 1 Coríntios 8:4).

Deus é um mistério que o homem não consegue explicar ou compreender, pois estamos na carne e Ele é espírito; e importa que seus adoradores o adorem em espírito e em verdade (João 4:24). No espírito podemos adorá-lo e experimentar Sua realidade, ou seja, somente no espírito podemos ser agradáveis a Deus, pois ali Ele pode trabalhar Sua vida e natureza em nós cumprindo seu propósito eterno de nos salvar plenamente. Leia ainda: Isaías 44:6; 45:5-6, 18; 46:5.

Oração

Senhor Jesus, oramos por cada pessoa que acessou e leu estas palavras para que recebam espírito de sabedoria e discernimento, no Teu pleno conhecimento, a fim de que todos alcancem a plena salvação que desejas dispensar-nos! Amém!

Qualquer dúvida ou sugestão entre em contado conosco!

Nilson Rubini, vosso irmão e conservo em Jesus Cristo!

O livro base é: Fundamentos da Fé Cristã – volume 1 da Editora Árvore da Vida.