Odontologia Pacheco
Restaurante Alvorada topo
Lifetycon Investimentos topo
Protomed topo
Loja Sol topo
Marmoraria Felicetti topo
Sicredi topo
Bruna Manuela Parmegiani
Armazém dos Óculos topo
Funerária Scopel
Móveis Incomaba topo
Supermercado Comin topo
Quality Solar topo
Agropecuária

Turma de jovens rurais é formada no Extremo-oeste

Três descansenses participaram O curso Organização, Gestão e Protagonismo com Jovens Rurais no Cetresmo

22/11/2019 17h24
Por: Redacao
Fonte: Assessoria de Comunicação
210
Os participantes receberam instruções técnicas em diversas cadeias produtivas (Fotos: Divulgação)
Os participantes receberam instruções técnicas em diversas cadeias produtivas (Fotos: Divulgação)

O curso Organização, Gestão e Protagonismo com Jovens Rurais no Cetresmo, formou na quinta-feira, 21 de novembro, 25 jovens rurais, entre 18 a 29. O curso, com carga horária de 220 horas, foi realizado entre os meses de abril a novembro, e contou com oito encontros presenciais de três dias, período em que os jovens ficaram hospedados no Centro de Treinamento da Epagri em São Miguel do Oeste.

A coordenadora do curso, a extensionista social Flavia Maria de Oliveira, explica que o curso faz parte da Ação Jovem Rural e do Mar, do Programa Capital Humano e Social, e se inspira na Pedagogia da Alternância, que utiliza os preceitos da Pedagogia da Cooperação, que visa o despertar do potencial humano, a sucessão familiar, a inclusão nos espaços de decisão e o acesso às informações técnicas, ambientais e tecnológicas.

Durante os encontros, os jovens rurais receberam instruções técnicas em diversas cadeias produtivas, entre elas, pecuária, horticultura, produção de grãos, piscicultura e apicultura e meliponicultura, conciliando atividades teóricas e práticas. Durante o curso, os jovens participaram de quatro viagens técnicas, onde, conforme Flavia, tiveram a oportunidade de promover o aprendizado no grupo, nas descobertas de novos conhecimentos e vivências na prática do que aprenderam com os instrutores da Epagri.

Entre uma das viagens, conheceram o município de Verê, no Paraná, referência em produção de alimentos orgânicos e agroecológicos. Puderam constatar as formas de associativismo dos agricultores, bem como os aspectos que envolvem as dimensões ambientais de conservação de solo e água. “Essa extensão da sala em diferentes locais e contextos culturais é excelente para estimular ainda mais o espírito coletivo e a colaboração entre jovens e os instrutores, complementa Flavia”.

Ao final do curso, entre os requisitos obrigatórios para a conclusão, os participantes produziram e apresentaram um trabalho intitulado de Projeto de Vida, onde desenvolveram projetos com potenciais de ampliações ou melhorias em suas propriedades rurais. A partir disso, será possível se habilitar para acessar recursos financeiros do programa de fomento da Secretaria Estadual da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural de Santa Catarina.

Entre os projetos apresentados nesta última alternância do curso, a pecuária de leite é a área que teve a maior demanda de recursos. Além desses recursos, os jovens participantes do curso, são público prioritário de incentivo e acesso às políticas públicas do Estado.

Para a coordenadora, o curso foi um sucesso, ressaltando que este resultado é a soma de todos os esforços da equipe. Flavia destaca que a inspiração na Pedagogia da Alternância não é só para facilitar a permanência do jovem no curso, mas como forma de garantir a contextualização dos conteúdos com seus familiares, possibilitando que o jovem se torne um indivíduo com capacidade de pensar, refletir e tomar decisões, consciente da sua ação sobre o meio e as relações sociais.

Uma nova turma deve iniciar no próximo ano no Cetresmo e os interessados em participar podem procurar o escritório municipal do seu município nas regionais de São Miguel do Oeste e Palmitos. O curso é gratuito aos participantes, cabendo apenas à responsabilidade do transporte até o Centro de Treinamento. Para os três jovens de Descanso, Cristiane Pedretti, Cristian Zanchet e Idiane Maran, a Secretaria da Agricultura viabilizou o deslocamento.

Este curso é uma realização da Secretaria da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, por meio da Epagri, em parceria com o Ministério de Agricultura e Abastecimento e Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural.

  • Turma de jovens rurais é formada no Extremo-oeste
  • Turma de jovens rurais é formada no Extremo-oeste