Balneário e Camping Barra do veado topo
Samurai Judô Clube topo
Despachante Pedrinho topo
Supermercado Comin topo
Sicredi
Funerária Scopel
Lifetycon Investimentos topo
Despachante Pedrinho 1
Farmácias Cristo Rei 1
Loja Sol topo
Melões Karlinski topo
Armazém dos Óculos topo
Campos Auto Center topo
Agropecuária

Turma de jovens rurais é formada no Extremo-oeste

Três descansenses participaram O curso Organização, Gestão e Protagonismo com Jovens Rurais no Cetresmo

22/11/2019 17h24
Por: Redacao
Fonte: Assessoria de Comunicação
97
Os participantes receberam instruções técnicas em diversas cadeias produtivas (Fotos: Divulgação)
Os participantes receberam instruções técnicas em diversas cadeias produtivas (Fotos: Divulgação)

O curso Organização, Gestão e Protagonismo com Jovens Rurais no Cetresmo, formou na quinta-feira, 21 de novembro, 25 jovens rurais, entre 18 a 29. O curso, com carga horária de 220 horas, foi realizado entre os meses de abril a novembro, e contou com oito encontros presenciais de três dias, período em que os jovens ficaram hospedados no Centro de Treinamento da Epagri em São Miguel do Oeste.

A coordenadora do curso, a extensionista social Flavia Maria de Oliveira, explica que o curso faz parte da Ação Jovem Rural e do Mar, do Programa Capital Humano e Social, e se inspira na Pedagogia da Alternância, que utiliza os preceitos da Pedagogia da Cooperação, que visa o despertar do potencial humano, a sucessão familiar, a inclusão nos espaços de decisão e o acesso às informações técnicas, ambientais e tecnológicas.

Durante os encontros, os jovens rurais receberam instruções técnicas em diversas cadeias produtivas, entre elas, pecuária, horticultura, produção de grãos, piscicultura e apicultura e meliponicultura, conciliando atividades teóricas e práticas. Durante o curso, os jovens participaram de quatro viagens técnicas, onde, conforme Flavia, tiveram a oportunidade de promover o aprendizado no grupo, nas descobertas de novos conhecimentos e vivências na prática do que aprenderam com os instrutores da Epagri.

Entre uma das viagens, conheceram o município de Verê, no Paraná, referência em produção de alimentos orgânicos e agroecológicos. Puderam constatar as formas de associativismo dos agricultores, bem como os aspectos que envolvem as dimensões ambientais de conservação de solo e água. “Essa extensão da sala em diferentes locais e contextos culturais é excelente para estimular ainda mais o espírito coletivo e a colaboração entre jovens e os instrutores, complementa Flavia”.

Ao final do curso, entre os requisitos obrigatórios para a conclusão, os participantes produziram e apresentaram um trabalho intitulado de Projeto de Vida, onde desenvolveram projetos com potenciais de ampliações ou melhorias em suas propriedades rurais. A partir disso, será possível se habilitar para acessar recursos financeiros do programa de fomento da Secretaria Estadual da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural de Santa Catarina.

Entre os projetos apresentados nesta última alternância do curso, a pecuária de leite é a área que teve a maior demanda de recursos. Além desses recursos, os jovens participantes do curso, são público prioritário de incentivo e acesso às políticas públicas do Estado.

Para a coordenadora, o curso foi um sucesso, ressaltando que este resultado é a soma de todos os esforços da equipe. Flavia destaca que a inspiração na Pedagogia da Alternância não é só para facilitar a permanência do jovem no curso, mas como forma de garantir a contextualização dos conteúdos com seus familiares, possibilitando que o jovem se torne um indivíduo com capacidade de pensar, refletir e tomar decisões, consciente da sua ação sobre o meio e as relações sociais.

Uma nova turma deve iniciar no próximo ano no Cetresmo e os interessados em participar podem procurar o escritório municipal do seu município nas regionais de São Miguel do Oeste e Palmitos. O curso é gratuito aos participantes, cabendo apenas à responsabilidade do transporte até o Centro de Treinamento. Para os três jovens de Descanso, Cristiane Pedretti, Cristian Zanchet e Idiane Maran, a Secretaria da Agricultura viabilizou o deslocamento.

Este curso é uma realização da Secretaria da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, por meio da Epagri, em parceria com o Ministério de Agricultura e Abastecimento e Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural.

  • Turma de jovens rurais é formada no Extremo-oeste
  • Turma de jovens rurais é formada no Extremo-oeste
Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários